Quem Somos

Maternidade empresarial

2019 de Setembro, 30 | Crônicas de Balcão

Sabor de Luna é o filho mais legítimo nosso - Raul e eu. É aquele filho que recebeu inteiramente nossa carga genética original, e que conta com nosso carinho, dedicação, e influência intensos, mas também sofre as nossas expectativas, cobranças e pressão mais rigorosas.
Seguidamente nos desgastamos discutindo a melhor forma de conduzir, educar e criar esse ser, cujo RG é um CNPJ e cujos olhos vieram do acaso.
Tememos a indisciplina, o perigo das ruas, a inconsistência das escolhas, o futuro.
Tropeçamos nessa criação como todo pai e mãe tropeça no caminho desconhecido da paternidade. Esse caminho que é pura descoberta, construção e aprendizado. Por sorte, contamos com a ajuda de muitas mãos delicadas e zelosas a ninar esse rebento.
Não são poucas as vezes em que divergimos, brigamos, sofremos, erramos. E cansamos e desanimamos também. A maternidade empresarial tem suas noites de insônia. E seus dias de fraqueza. Mas a gente não perde o olhar de amor pelos filhos. Nunca.
E nessas horas aí, de casa cheia, quando abraçados na porta da cozinha espiamos esse filho assim, lançado ao mundo, fazendo bonito como tá fazendo, tão único, tão ele, cheio de personalidade, responsabilidade, alegria e capacidade de agregar afeto, daí a gente suspira com orgulho, cutuca um ao outro e se pergunta: “onde foi que a gente acertou?”🤗💙
Feliz Dia Mundial dos Filhos, @sabordeluna !😍 Cresça forte e sê feliz. 🙌🏼 @ Sabor de Luna

VOLTAR
Veja

Também

Doces do Ofício

Neste sábado apareceu na loja uma senhora pedindo para falar com a proprietária. Me apresentei toda ouvidos, podia ser reclamação.

SAIBA MAIS

O Menino e o Livro

Dia desses, atendi uma cliente que chegou com o filhinho de cinco anos. Curiosamente, mesmo em meio a doces e chocolates o garoto foi atraído pelo livro de contos de Mario Benedetti, que fica por ali, numa prateleira baixa.

SAIBA MAIS