Whatsapp

Quem Somos

Nossa Fermentação Natural

2019 de Janeiro, 24 | Curiosidades

Sobre o Pão de Fermentação Natural : as coisas não perduram no tempo sem uma boa razão.
Por volta de 4.000 A.C. os agricultores egípcios  já produziam pão a partir de uma papa de trigo que “descansava” (para crescer) antes de ser assada. Era a gênese da fermentação natural.

Através dos gregos e mesopotâmios, a cultura do pão consolidou-se  e posteriormente disseminou-se pelo mundo. Devido ao seu alto poder nutritivo, passou a ser o principal alimento de trabalhadores, exércitos e famílias durante diferentes períodos na história da humanidade. O pão ganhou até status de moeda em alguns períodos, tamanho o seu valor.   

Não é a toa que o pão é dos alimentos mais antigos de que se tem notícia. Mas é preciso preservar os princípios e métodos de origem, que se perderam nos últimos anos.

A busca por rapidez e rentabilidade transformou o pão do século XXI num produto de baixa qualidade nutricional e pouco sabor, em função da introdução de aceleradores químicos, reforçadores, gorduras e conservantes artificiais às receitas, bem como a adoção de misturas pré-prontas.

A fermentação natural resgata métodos originais de produção, daquela época em que os pães levavam cerca de 30 horas para crescer apenas com o poder da natureza: água, trigo e longo tempo de descanso.

Partindo de uma boa “massa madre”, e com uma hidratação correta, além da manipulação da massa, controle de temperatura e tempo de descanso, o pão se faz “sozinho” (significa dizer: sem a necessidade de acréscimos químicos).  Depois, a clássica abertura manual das pestanas (“a assinatura do padeiro”) e o cozimento em forno de pedra, garantem a textura crocante, o miolo macio, e a cor dourada. Todo esse processo manual faz do padeiro um “artista-alquimista”, pois coordena uma interação de ingredientes naturais com a ação do tempo e do clima (temperatura e umidade do ambiente). Vale dizer que o pão de fermentação natural será sempre diferente entre uma padaria e outra.       

Aqui no Sabor de Luna valorizamos a tradição que fez do pão o grande aliado do homem há mais de seis mil anos.

Por isso nossas baguetes são feitas através da fermentação natural longa e lenta, com farinha pura de alta qualidade (trigo selecionado) e com massa madre francesa (o famoso “levain”) , sem adição de gorduras nem conservantes químicos. Resulta num pão rústico de casca firme e miolo aerado, cuja mastigação estimula a produção de saliva iniciando a rápida quebra dos carboidratos e proteínas, o que garantirá o equilíbrio da flora do trato gastrointestinal.

É um pão naturalmente mais saboroso, mais leve e mais saudável.

Se você ainda não conhece esse “pão-amigo”, veja aqui alguns de seus benefícios e experimente. Depois disso, saiba: você nunca mais vai querer chegar perto de um ‘cacetinho’.

VANTAGENS DA FERMENTAÇÃO NATURAL:

  • Digestão facilitada (até mesmo aos sensíveis ao glúten)
  • Sabor mais concentrado
  • Não causa sensação de estufamento
  • Índice glicêmico mais baixo que os outros pães
  • Aumenta a percepção de saciedade
  • Contribui para absorção de vitaminas e minerais
  • Amplia a flora benéfica ao intestino
  • Mais saúde e bem-estar
VOLTAR
Veja

Também

O brasileiro como ele (realmente) é

Minha amostragem de balcão permite descrever o brasileiro como um ser íntegro, educado, generoso e honesto. Do tipo que volta pra pagar o fiado, que devolve troco a mais, que liga para avisar algum engano...

SAIBA MAIS

¡Gracias!

Precisamos agradecer. Só agradecer. Sabemos o quanto nossa pequena loja está desconfortável diante de tamanha demanda. Da chatice da fila. Do esforço dos clientes aguentando frio, chuva, espera...

SAIBA MAIS